Colheita de café avança para 61% do total

Colheita de café avança para 61% do total

A colheita de café da safra 2018/19 no Brasil avançou para 61% do total e se aproximou do ritmo registrado na média dos últimos cinco anos para esta época, com o tempo seco contribuindo para o bom andamento dos trabalhos no maior produtor e exportador global da commodity, informou ontem a Safras & Mercado. Em uma semana, o avanço na colheita foi de 8 pontos percentuais, e as atividades agora estão apenas ligeiramente atrás dos 65% de igual momento de 2017. A média para o período é de 64%.

Segundo a consultoria, já foram colhidos quase 37 milhões de sacas de café, tomando-se por base a estimativa da Safras & Mercado de uma produção recorde, de 60,5 milhões de sacas, neste ano de bienalidade positiva para a variedade arábica. “Destaque para o bom avanço no conilon. A colheita de arábica anda alinhada com a média para o período”, comentou em nota o consultor Gil Barabach.

Até o momento, a colheita de arábica, principal variedade cultivada no País, alcança 52% da safra, contra 57% em igual época do ano passado e 53% para média do período. Já os trabalhos com conilon, “apesar da boa acelerada”, continuam atrasados em relação ao normal para período, disse Barabach. A colheita do também chamado robusta gira em torno de 86% da safra projetada, frente a 93% em igual época do ano passado e 96% de média.

Na terça-feira, o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, já havia destacado que a estiagem tem favorecido a colheita de café, cuja qualidade tem sido positiva. Segundo o Thomson Reuters Agriculture Weather Dashboard, as chuvas estão abaixo da média em praticamente todas as áreas produtoras de café do País há 90 dias. A tendência para as próximas duas semanas também é de tempo quente e seco.

Fonte:Diário do Comércio/Assessoria.