Maggi encontra fabricantes de produtos químicos em Xangai

Maggi encontra fabricantes de produtos químicos em Xangai

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, reuniu-se, na última quarta-feira (07.11), com representantes fabricantes de produtos químicos na sede do Banco do Brasil em Xangai. Dentre as empresas que participaram da reunião estão a CHDS do Brasil, AllierBrasil e CCPIT. 

O principal ponto tratado na reunião foi o prazo extenso para a aprovação de registros para novos produtos no Brasil, que pode chegar a 12 anos. Além disso, a participação de empresas de produtos genéricos no acesso ao mercado brasileiro terá como resultado imediato a oferta de produtos mais baratos, que por sua vez reduzirão os custos da produção agrícola, aumentando a competitividade da produção brasileira, que podem ser 1.000% mais caros. 

Na ocasião, Ministro explicou os passos do processo de registros, que envolvem os três principais órgãos do setor. Nesse cenário, trabalham em conjunto o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). 

Além disso, ele comentou sobre os esforços do MAPA na desburocratização. Salientou também da importância dos pleiteantes de registros em apresentar processos completos, evitando-se assim a demanda de complementações dos pleitos, que certamente acarreta na demora das aprovações.  

Das empresas participantes, todas estão investindo há muitos anos em registro de produtos, para posterior acesso ao mercado. Por outro lado, existe uma preocupação que a burocracia elevada pode levar ao fechamento das fábricas em função do maior controle ambiental tem resultado na escassez no fornecimento e aumento demasiado dos preços.

 

Por: AGROLINK -Leonardo Gottems