Sedec tem trabalhado na atração de empregos e em benefício do pequeno produtor

Sedec tem trabalhado na atração de empregos e em benefício do pequeno produtor

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico está trabalhando em várias frentes para promover a evolução da economia no município de Sinop. Criada na administração da prefeita Rosana Martinelli (PR), agrega as pastas de Indústria, Comércio, Turismo e Agricultura e, ao longo de 2017, desenvolveu várias ações voltadas à atração e geração de empregos, instalação de novas empresas e fortalecimento da agricultura familiar.

De acordo com o secretário, Daniel Brolese, a intenção é capacitar os agricultores e desenvolver melhores políticas administrativas para que seu produto tenha maior valor agregado e, assim, maior aceitação no mercado interno. “Estamos levando cursos de capacitação, recursos através de emendas e oportunidades para que o pequeno tenha seu produto valorizado”.

Brolese lembra, ainda, que com o acompanhamento técnico, a fonte de renda das famílias da Gleba Mercedes está mudando através de cursos técnicos de costura e artesanato, ofertados através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), bem como cursos para as famílias que foram beneficiadas com o projeto de piscicultura que conta, ainda, com a implantação de 50 tanques de peixes, além da aquisição de seis resfriadores de leite.

O secretário elenca, também, ações como o processo de credenciamento da casa do mel para a emissão do Selo de Inspeção Sanitária Estadual (SISE). Com isso, o produtor de mel poderá comercializar o seu produto nos mercados de qualquer cidade de Mato Grosso.

Os pequenos produtores têm recebido de forma regular a visita de técnicos da Sedec. Foram mais de 1,8 mil atendimento “in loco” e externo, como: inseminações, pequenos partos em animais, manejo de gado leiteiro, técnicas de cultivo de hortifruti, entre outros.

Lançado em 2017, o projeto Semear, em parceria com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Agricultura Familiar e Conselho da Comunidade, funciona do lado externo do presídio Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), utiliza orientação técnica dos profissionais da Sedec e mão de obra dos reeducandos no cultivo de pepinos. Parte da produção da horta é absorvida para a alimentação dos próprios reeducandos e parte comercializada.

A busca de recursos e investimentos inclui e garante R$ 2,1 milhões destinado para as feiras livres do município, outros R$ 500 mil para a aquisição de uma retroescavadeira e um caminhão caçamba e outros R$ 250 mil e R$ 160 mil que serão utilizados na compra de uma patrulha completa e uma patrulha menor, respectivamente.

A busca por parcerias é constante! A Sedec recebeu uma missão empresarial dos Emirados Árabes e irlandeses interessados na produção local. Já os chineses, por sua vez, demonstraram interesse em instalar uma indústria de montagem e produção de drones voltados para a pulverização agrícola. Consolidada, a indústria de etanol a base de milho fará um um investimento de R$ 500 milhões e a previsão é que entre em funcionamento em 2019, gerando durante a construção, pelo menos, 3 mil postos de emprego.

No turismo, a Secretaria tem elaborado diversos projetos, entre eles o do Natal, que iniciou em 2017 com a parceria público privada para a decoração da praça da Bíblia e do quadrilátero central. As ações continuam com a montagem de uma oficina para fabricação de novos ornamentos e recuperação dos que  foram retirados do Natal de 2017.

Funcionam, ainda, vinculadas à Sedec, um posto do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Centro de Atendimento Empresarial (CAE) que auxilia o pequeno empresário na formalização de sua empresa, seja na abertura, baixa, alteração de contrato social, alvará de funcionamento, entre outras atividades. Esta, é parceria com um programa do Governo do Estado que disponibiliza, ainda, linhas de crédito com financiamento empresarial, micro créditos com financiamento de bens e serviços e Fundeic com financiamento no setor de comércio, indústria , agroindústria e turismo ou inovação.

A Sedec funciona anexo ao Centro de Eventos Dante Martins de Oliveira e tem, em seu quadro, cerca de 30 servidores, incluindo os que desempenham suas funções no Centro de Eventos e na Gleba Mercedes e no viveiro de mudas. Está sob o comando do secretário Daniel Brolese e atende das 07h às 13h, assim como os demais setores e departamentos da administração municipal.

Por Luciano André/Jornalista.