Prefeitura reforça ações e orienta sobre os cuidados com o mosquito Aedes aegypti

Prefeitura reforça ações e orienta sobre os cuidados com o mosquito Aedes aegypti

Com o objetivo de deixar a cidade mais limpa e organizada, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde está realizando um grande mutirão de limpeza em todos os bairros. Estão sendo coletados móveis usados, galhos de árvores, restos de grama, entre outros materiais que necessitam de um local para ser destinado.

A orientação é que os moradores disponham estes materiais na calçada em frente às casas para que sejam recolhidos, conforme o cronograma.

Além disso, o mutirão também auxiliará no combate à proliferação de doenças, uma vez que serão coletados muitos materiais que poderiam servir de criadouro do mosquito Aedes aegypti.

Durante todo o ano, os agentes de endemia realizaram o trabalho de visita e observação e para conscientizar a população sobre a importância em manter cuidados básicos.

Neste ano, até o final de outubro, foram realizadas 157 notificações, sendo 114 de dengue, 24 de chikungunya e 19 de zika vírus. Em 2017, o número de notificações é de 141; em 2016 foram registradas 2.425 notificações.

A coordenadora da Vigilância em Saúde, Keli Paludo, explica que entre os fatores que contribuíram para a diminuição no número de notificações estão o trabalho dos agentes, sendo cada vez mais próximo da população, e a conscientização dos munícipes, porém é preciso ficar sempre alerta.

“Estamos numa localização geográfica propícia para dispersão de doenças causadas por um vetor, são as chamadas arboviroses. Locais quentes e com elevada densidade pluviométrica, além do lixo não destinado corretamente, podem contribuir para um aumento de casos. Nos últimos anos, tivemos um redução de notificações e isso se deve a muito motivos, inclusive o despertar nas pessoas a necessidade de colaboração. A vigilância e os agentes fazem cada um a sua parte, mas a responsabilidade é compartilhada e assim necessitamos também da colaboração e contribuição de todos os moradores da cidade. Os mutirões de limpeza urbana também contribuem muito para uma vida mais saudável da população, porém é sempre necessária a ajuda de todos neste processo”, destaca Keli.

E como a melhor prevenção é cuidar, é importante que a população esteja atenta à limpeza dos quintais e terrenos. É necessário manter lotes limpos e não deixar água acumulada, verificando sempre os locais que podem ficar com água parada, para eliminar qualquer foco do mosquito Aedes aegypti, vetor das doenças dengue, zika e chikungunya.

Além destas doenças, o alerta também é relacionado à leishmaniose, que é transmitida pela picada do mosquito-palha. Como o Aedes aegytpi, a melhor forma de combater ao mosquito-palha é a limpeza dos quintais.

Cuidados dentro de casa e também na área externa:
- Tampe os tonéis e caixas d’água;
- Mantenha as calhas sempre limpas;
- Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
- Mantenha lixeiras bem tampadas;
- Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
- Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
- Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
- Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa;
- Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas e de hidromassagem;
- Limpe ralos e canaletas externas;
- Atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água;
- Deixe lonas esticadas para cobrir objetos bem para evitar formação de poças d’água;
- Verifique instalações de salão de festas, banheiros e demais áreas.

Por Carolina Matter/Jornalista