Indicador do algodão recua 7,6% em julho

Indicador do algodão recua 7,6% em julho

O avanço da colheita da safra 2017/18 e a redução das ofertas de compra de novos lotes no spot por parte de indústrias pressionaram as cotações da pluma no mercado interno em julho, de acordo com informações do Cepea. No acumulado de julho, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, recuou 7,57%, fechando a R$ 3,3303/lp na terça-feira, 31.

Nos últimos sete dias (de 24 a 31 de julho), o Indicador registrou baixa de 1,24%. Quanto às negociações futuras, agentes estiveram mais presentes no mercado na segunda quinzena de julho, período em que os preços internacionais registraram altas. A liquidez é maior para entregas nos mercados doméstico e exportação, envolvendo especialmente lotes da safra 2018/19, mas também foram captados negócios com a pluma das temporadas 2017/18 (atual) e 2019/20.

Por CEPEA/ESALQ