Preço da soja despenca no Brasil

Preço da soja despenca no Brasil

As cotações da soja tiveram na sexta-feira (11.06) um dia de fortes perdas no mercado físico, com influência do Dólar caindo 5,59% e Chicago 0,51%. De acordo com os índices do Cepea, apurados junto aos diversos participantes do mercado, em média os preços despencaram 0,96% nos portos e 1,34% no interior do País.

Segundo o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, no RS foi uma “semana interessante”, com a soja futura andando forte, com preços na casa de R$ 90,00/saca no porto, com entrega maio e pagamento no final do mesmo mês: “Também houve bons volumes negociados para entrega agosto e pagamento final de agosto, mas basicamente todos os negócios CIF, para evitar problemas com os custos dos fretes. Na sexta, porém, as ideias dos compradores caíram cerca de três reais/saca”. 

“No PR, com esta queda de câmbio hoje a soja está valendo R$ 81,00/saca posto ferrovia no norte do estado, embora ontem tenha chegado a valer R$ 84,00. No Oeste mercado de soja bem travado por causa da tabela de frete, referência de R$ 80,00/saca FOB. De um modo geral o mercado de soja esteve lento durante toda a semana, aliás nos últimos 15 dias, devido à soma da greve, exportação com posições compradas até julho/agosto e fábricas com estoques até agosto/setembro”, comenta ele.

O especialista destaca que os prêmios menores dos compradores (long), sem indicação de preços das exportadoras desde a greve e fretes que o governo ainda não conseguiu acertar definitivamente como será, tudo isso impacta diretamente na conta de negócios já efetivados e futuros. Os embarques começaram a ser retomados de maneira muito lenta.

Por AGROLINK -Leonardo Gottems