Funai tenta transferir R$ 45 milhões do orçamentos dos índios para a Universidade Federal do RJ

Funai tenta transferir R$ 45 milhões do orçamentos dos índios para a Universidade Federal do RJ

Nesta segunda-feira (02), o Diário Oficial da União divulgou a transferência de um total de quase R$ 45 milhões advindos da Funai para a Universidade Federal Fluminense (UFF), como uma das últimas medidas tomadas pela atual presidência da Funai ainda no apagar das luzes do Governo Temer.

O termo de execução dessa transferência, definida no dia 28 de dezembro (sexta-feira passada)  estabelece um convênio entre a Funai e a UFF, "na busca de um projeto de fortalecimento da Fundação por meio da Universidade", segundo informa o termo de convênio.

O jornalista João Batista Olivi, do Notícias Agrícolas, conversou com Rodinei Candeia, procurador do estado do Rio Grande do Sul, para abordar o tema exposto. Para Candeia, um especialista em causas indígenas, "a ação mostra uma inversão de valores, já que há um fortalecimento institucional a partir de um dinheiro que seria bem-vindo nas comunidades indígenas absolutamente carentes de tudo".

Candeia prevê que o próximo Governo possa impedir a transferencia do dinheiro e a implementar o "estado de direito dentro das áreas indígenas e implementando a dignidade para as pessoas que ali vivem, trazendo autonomia e tornando-os cidadãos por completo".

Projeto da Funai é suspenso

E logo após a entrevista com o procurador do estado do Rio Grande do Sul, Rodinei Candeia, veiculada pelo site Notícias Agrícolas, um ofício assinado pela Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, pede a imediata suspensão do Projeto de Fortalecimento Institucional da Funai, firmado junto a Universidade Federal Fluminense. Veja a íntegra do documento: 

 

ofício cancela programa da funai

Por: João Batista Olivi
Fonte: Notícias Agrícolas