Municípios compram R$ 2.7 milhões em medicamentos pelo Consórcio

Municípios compram R$ 2.7 milhões em medicamentos pelo Consórcio

O relatório divulgado esta semana pelo Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires mostra que de janeiro a abril de 2018, os municípios que integram a associação compraram mais de R$ 2.7 milhões em medicamentos. O valor significa aproximadamente 90% de todas as compras realizadas em 2017. No ano passado, foram investidos pouco mais de R$ 3 milhões na aquisição de medicamentos.

Segundo a secretária-executiva do Consórcio, Solimara Moura, o aumento no volume de compras é reflexo direto do aumento da participação dos municípios dentro do consórcio. “Apesar de estarem dentro do consórcio, alguns municípios ainda faziam suas compras de forma individual. Hoje, eles estão vendo a economia que as compras conjuntas podem trazer.”

No primeiro pregão deste ano, foram licitados mais 200 tipos de medicamentos, 36 empresas participaram do certame. A economia em relação ao termo de referência (R$ 25 milhões), foi de 42%, caindo para R$ 14 milhões. A secretária-executiva explica que todas as solicitações de compras e procedimentos médicos realizados pelos municípios são acompanhados em tempo real.

Esta semana, o município de Lucas do Rio Verde solicitou a compra de mais R$ 1 milhão em medicamentos. Em um ano e meio de consórcio, já foram investidos mais de R$ 8 milhões. “Os prefeitos e secretários de Saúde estão percebendo que o consórcio pode contribuir muito com a gestão dos municípios. A previsão é aumentar o volume de compras até o fim do ano, gerando mais economia para os municípios”, ressalta Solimara.

Além de medicamentos, o consórcio é responsável pela aquisição de materiais permanentes, odontológicos, serviços médicos (consultas, exames e cirurgias) e credenciamento de profissionais.

O CPS Vale do Teles Pires é formado por 15 municípios da região médio-norte de Mato Grosso. O presidente é o prefeito de Sorriso, Ari Lafin e o vice, o prefeito de Itanhangá, Edu Pascoski. Também fazem parte do consórcio, os municípios de Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Tapurah, Nova Maringá, Nova Ubiratã, Santa Rita do Trivelato, Feliz Natal, Cláudia, Santa Carmem, União do Sul e Vera.

Fonte:PMLRV/Assessoria