Agnaldo propõe homenagear professora, nomeando escola municipal

Agnaldo propõe homenagear professora, nomeando escola municipal

O vereador Agnaldo do Alto da Glória (PR), teve duas indicações aprovadas pelos vereadores e um Projeto de Lei (PL) encaminhado às comissões permanentes, durante a 21ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Sinop, realizada nesta segunda-feira (01).

O PL nº 069/2019, dá nome à Escola Municipal de Ensino Infantil Alto da Glória, de “Professora Solange Maria Ferronato”. A educadora é formada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e duas vezes pós-graduada pelo Instituto Cuiabano de Educação (ICE) e Instituto Brasileiro (IB).

Solange era professora concursada pelo município, e já lecionou em algumas unidades educacionais, sendo a Escola Municipal de Ensino Básico Leni Terezinha Benedetti seu primeiro local de trabalho. Também foi Supervisora da Creche Municipal no bairro Alto da Glória. Mas no dia 27 de maio deste ano, acabou falecendo em decorrência de câncer de mama. Ela lutava contra a doença desde maio de 2016.

A proposta será analisada pela Comissão de Justiça e Redação (CJR) e Comissão de Obras, Viação e Serviços Urbanos, e deverá ser votada nas próximas sessões.

Na indicação nº 422/2019, Agnaldo solicitou à empresa de transporte público coletivo, a realocação dos pontos de ônibus do bairro Alto Glória, para as ruas Marau, Paraná, Odalgir Sgarbi e Canela. O parlamentar justifica que a alteração da linha, deixou alguns pontos inutilizados.

“Foi feito mudança de trajeto da linha do coletivo e os pontos de ônibus das ruas Passo Fundo e Ferroupilha ficaram sem utilização. No momento as ruas Marau, Paraná, Odalgir Sgarbi e Canela, precisam da complementação dos pontos para abrigar os usuários do coletivo”.

 Para Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, o vereador solicitou por meio da indicação 440/2019, o patrolamento e cascalhamento das ruas do bairro Bom Jardim. “Recebemos por parte de moradores o requerimento, em visita in loco, pude observar que as ruas sem asfalto estão bastante esburacadas, em péssimas condições de uso, necessitando de manutenção.

Por Gilson Santos/Assessoria    Foto:Gilson Carlos