Leonardo Visera deve destinar verba impositiva para asfaltamento da Comunidade Adalgisa

Leonardo Visera deve destinar verba impositiva para asfaltamento da Comunidade Adalgisa

A verba será usada para asfaltar a Estrada Cirineu Coan, principal de acesso à comunidade.

Durante a Sessão Ordinária de segunda-feira (03), o primeiro vice-presidente, vereador Leonardo Visera (PP), encaminhou o requerimento 095/2019, em conjunto com o vereador Remídio Kuntz (PR), à Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, solicitando informações referentes ao projeto de asfaltamento da Estrada Cirineu Coan, na Comunidade Adalgisa.

Durante o uso da tribuna, justificou que o documento foi elaborado com intuito de saber o valor necessário para o asfaltamento da estrada vicinal, e se comprometeu a destinar parte das verbas impositivas de 2020 para contemplar os moradores daquela região.

“A nossa ação tem como intuito atender aos pedidos dos moradores da Comunidade Adalgisa, que nos procurou relatando a dificuldade que os alunos e trabalhadores têm no período de chuva e seca, para frequentarem as escolas e locais de trabalho. Essa é uma reivindicação e um problema antigo, e estamos buscando resolvê-los”, defendeu.

PREVI SINOP

Já no requerimento 091/2019, Visera questiona a direção do Previ Sinop concernente aos investimentos feitos ao Fundo São Domingos, administrado pela Foco DTVM. O parlamentar salienta que o fundo tem gerado prejuízo ao município e quer saber os critérios usados pela administração para manter a aplicação dos recursos nele.

“Segundo os relatórios emitidos pelo próprio Previ Sinop, o Fundo de Investimento São Domingos tem gerado prejuízo ao município pelo menos nos últimos quatro meses seguidos. Tivemos acesso a uma das atas do Comitê de Investimento, na qual está a orientação para seguir aplicando os recursos nesse fundo. Queremos uma explicação fundamentada para essa situação”, comentou.

Visera sugeriu à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, a manutenção de toda a rede de iluminação pública da Comunidade Adalgisa e também o levantamento, cascalhamento e patrolamento da Estrada Silvana, através das indicações, 363 e 385/2019.

Dois projetos de autoria do vereador foram aprovados em terceira e última votação. O PL 038/2019 que dispõe sobre o envio de projetos executivos e complementares de obras públicas em execução ao Poder Legislativo, recebeu uma emenda, durante a última apreciação. A alteração se deu no parágrafo primeiro e artigo primeiro, a qual determina que todos os documentos deverão ser entregues em arquivos digitais.

Já o PL 046/2019, que determina a emissão de receituários médicos e odontológicos digitados em computador, foi aprovado por unanimidade na redação integral. Ambos seguem para sanção do chefe do Poder Executivo Municipal.

Por Roneir Corrêa de Menezes/Jornalista  Foto:Assessoria