MPE investiga denúncia de vice contra prefeita por ´barganhar´ com vereadores em Sinop

MPE investiga denúncia de vice contra prefeita por ´barganhar´ com vereadores em Sinop

O MPE (Ministério Público Estadual) instaurou inquérito civil público para apurar a veracidade da acusação feita pelo vice Gilson de Oliveira (MDB) contra a prefeita de Sinop Rosana Martinelli (PR), de contratar servidores comissionados previamente indicados pelos vereadores da cidade em troca da aprovação de projetos de lei do interesse dela no Legislativo.

A história foi revelada pelo Gilson Oliveira, jornalista de profissão, no programa da emissora local da Rede Record de Televisão (Rede Capital) apresentado por ele mesmo.

Responsável pela abertura do procedimento, o promotor de Justiça, Pompílio Paulo Azevedo Silva Neto, explicou na portaria que o vice teria formalizado a denúncia por ser contrário às supostas atitudes ímprobas da chefe do Executivo. Gilson de Oliveira prestará depoimento no 15 de outubro, às 16h00, para esclarecer sobre a afirmação que deixou a sociedade da principal cidade do Norte de Mato Grosso perplexa.

O apresentador e vice afirmou ainda que as indicações acontecem em sigilo, de modo a esconder de órgãos orgãos reguladores e imprensa. "Em contrapartida, os vereadores possam ceder aos apelos da prefeita para a aprovação de projetos de seu interesse dentre outras manobras políticas que lhe possam favorecer", detalha o promotor.

A investigação foi aberta no dia 13 do mês passado. Rosana e Gilson foram eleitos em 2016 na mesma chapa.

Por Rodivaldo Ribeiro/Folhamax      Foto:DP