Restaurante Popular completa um mês servindo até mil refeições por dia

Restaurante Popular completa um mês servindo até mil refeições por dia

Bom, barato e bem localizado, uma combinação perfeita que atrai quase mil pessoas por dia ao Restaurante Popular Dulce Ana Garcia. Inaugurado há pouco mais de um mês segue trabalhando a todo vapor, servindo de segunda a sexta-feira até mil refeições diárias.

Entre dos dias 13 de setembro e 13 de outubro foram servidas 15.067 refeições, uma média de 717 refeições diárias. Número que cresce dia a após dia e a expectativa para os próximos meses é de aumento da média.

A aposentada Marina de Lourdes Mota frequenta o Restaurante Popular desde o primeiro dia de abertura ao público. “Venho todos os dias pra mim é uma baita economia. A comida é excelente e o preço bom.  De segunda a sexta-feira estou aqui e sou uma das primeiras a chegar”, conta.

Instalado na Avenida das Embaúbas, esquina com Azaléias, ao lado do Paço, o Restaurante Popular funciona de segunda a sexta-feira, das 11 às 14 horas, com capacidade para servir mil pessoas por dia. Para atender a população com uma alimentação saudável e de qualidade, o preço da refeição é R$ 3,90, com subsidio de R$ 3,90 da Prefeitura. 

A nutricionista do restaurante, Fernanda Burgos, explica que diariamente são realizadas pesquisas de satisfação entre os clientes e os índices chegam a 99,6% de aprovação com relação ao cardápio e atendimento. “Nossa prioridade é oferecer ao público uma comida saborosa, de qualidade e nutricionalmente balanceada”.

O taxista Julio Moreira fala da variedade oferecida nas refeições. “Entre uma corrida e outra eu paro pra almoçar, o horário de funcionamento me ajuda muito. A comida é muito boa e sempre tem novidades. Melhor coisa para Sinop ter este restaurante”, elogia.

O Restaurante Popular foi construido e inaugurado na gestão do ex-prefeito, Juarez Costa, e aberto ao público em 13 de setembro, pela prefeita Rosana Martinelli, durante as comemorações do aniversário da cidade. Através do Restaurante Popular a população tem acesso a refeições de qualidade que contribuem com o fortalecimento da segurança alimentar e da dignidade social.

As refeições são balanceadas em média de 1.500 calorias e preparadas por uma equipe coordenada pela nutricionista. Todos os produtos são adquiridos na cidade e os hortifruti são fornecidos por agricultores familiares da região, o que fortalece também a inclusão social no campo.

Por Adriano Araújo/Jornalista.