FrigoVale implementa redução de 21,27% no preço do abate

FrigoVale implementa redução de 21,27% no preço do abate

A FrigoVale Alagoas começa a implementar a redução da tarifa de abate de 21,27% no frigorífico a partir desta quinta-feira (30). A flexibilização do preço do serviço passa a funcionar após o aumento das ações de fiscalização de abate clandestino e atende a uma demanda dos empresários da cadeia produtiva da carne. 

A redução será aplicada no valor anterior, de R$ 94,02, passando para R$ 74,02. Para o sócio gestor do frigorífico, Gustavo Machado, essa é uma forma de demonstrar flexibilidade para melhorar o empenho comercial dentro da realidade da empresa. 

"Estamos atendendo uma demanda dos marchantes da região de Arapiraca. Mas também estamos reforçando uma decisão importante da FrigoVale em dar crédito às ações de fiscalização ao abate ilegal, que vem sendo realizadas pelos órgãos competentes aqui na região agreste de Alagoas, como a Adeal, a Prefeitura de Arapiraca, a Câmara dos Vereadores e o Ministério Público do Estado", afirma Gustavo Machado. 

Segundo o gestor, o crescimento do abate clandestino inviabiliza toda a estrutura da cadeia produtiva da carne, além de prejudicar a saúde dos consumidores. "É um avanço na saúde e no bem-estar da população. Acreditamos que com a continuidade da presença dos órgãos fiscalizadores, o abate ilegal consiga ser extinto. Por isso, aproveitamos para agradecer as autoridades que estão à frente dessas ações, coibindo a clandestinidade deste serviço", destaca Machado. 

O parque industrial da Frigovale, localizado no município de Arapiraca, tem capacidade de abater até dez mil animais por mês, entre bovinos, bubalinos, caprinos e ovinos, além de suínos, e conta com uma área superior a 103 mil metros quadrados, tendo potencial para atender todos os municípios alagoanos.

Por AgroLink/Assessoria