Sábado, 21 Outubro 2017

A Agricultura

João Martins é mantido no comando da CNA

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

João Martins da Silva Junior foi eleito na terça (19.09) para presidir a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) pelos próximos quatro anos. Ele já estava no comando da entidade desde a saída da senadora Kátia Abreu em agosto de 2016, quando assumiu o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no governo Dilma.

Pela primeira vez na história uma chapa recebeu o apoio unânime das 27 federações que integram o Sistema em todo o Brasil. “Esse resultado mostra que a nossa classe está unida na defesa dos interesses da agropecuária brasileira. Mostra também como é grande a responsabilidade da nova Diretoria. O momento difícil que estamos vivendo no sindicalismo nos dará mais garra para contornar os problemas e encontrar as soluções”, disse Martins em sua primeira fala como presidente eleito. 

Segundo ele, um dos desafios da nova diretoria será incentivar a contribuição sindical voluntária: “Nossa atividade precisa, como nunca, de uma CNA forte, organizada, preparada para os novos tempos. O nosso Sistema precisa ser renovado, transformado. Precisa ser vanguarda na prestação de serviços ao produtor, que sentirá a necessidade de fazer parte dele”. 

“Eu convoco os integrantes do Sistema CNA para que participem daquilo que sempre defendi nesta casa: uma Diretoria maior, colegiada, na qual cada um assuma sua cota de trabalho e responsabilidade. Devemos fazer desta casa a grande trincheira de defesa do produtor rural brasileiro”, concluiu. 

Confira a composição da Diretoria e do Conselho Fiscal da CNA para o período 2017/2021:
 
Diretoria
 
- Presidente: João Martins da Silva Junior (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia - FAEB);
 
- 1º Vice-Presidente: Roberto Simões (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais - FAEMG);
 
- 2º Vice-Presidente: José Mário Schreiner (Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás – FAEG); 
 
- 1º Vice-Presidente de Finanças: José Zeferino Pedrozo (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina - FAESC); 
 
- 2º Vice-Presidente de Finanças: Muni Lourenço Silva Júnior (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas - FAEA); 
 
- 1º Vice-Presidente de Secretaria: Mário Antônio Pereira Borba (Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba - FAEPA);
 
- 2º Vice-Presidente de Secretaria: Júlio da Silva Rocha Júnior (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Espírito Santo - FAES);
 
Conselho Fiscal
 
Efetivos:
 
- Maurício Koji Saito (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul - FAMASUL);
 
- Raimundo Coelho de Sousa (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão - FAEMA);
 
- Hélio Dias de Souza (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia - FAPERON).
 
Suplentes:
 
- Silvio Silvestre de Carvalho (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Roraima - FAERR);
 
- Luiz Iraçú Guimarães Colares (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá - FAEAP);
 
- Ivan Apostolo Sobral (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe - FAESE).

 

Por: AGROLINK -Leonardo Gottems